sexta-feira, 1 de abril de 2011

Funcionário de fábrica é atingido por peça de máquina e morre

O acidente aconteceu em uma fábrica da Prefeitura de Castelo, por volta das 9h

Ana Paula Santos - Gazeta Sul

foto: Ana Paula Santos
Funcionário público morre em fábrica de manilhas
O corpo do funcionário ficou caído ao lado do equipamento que caiu sobre ele


Um funcionário público morreu na manhã desta quinta-feira (24), em Castelo, enquanto trabalhava em uma fábrica de manilhas. Durante o manuseio de uma máquina usada na fabricação das peças - uma espécie de prensa, parte do equipamento se soltou, atingindo a cabeça do trabalhador, que morreu na hora.

Oito pessoas trabalhavam na Fábrica de Artefatos de Cimento, na hora do acidente. Eles contatam que o operador de obra Darci Braz, de 52 anos, se abaixou próximo à máquina usada para fazer as manilhas. Parte do equipamento, que pesa cerca de 400 quilos, estava sendo suspensa, mas o cabo de aço se soltou da roldana e a peça caiu sobre o homem. Ele trabalhada há 27 anos na fábrica da Prefeitura de Castelo.

Veja mais notícias no Gazeta Online Sul


De acordo com José Clarindo Diori, gerente de obras e responsável pela fábrica, a manutenção dos cabos estava em dia. "Há cerca de 15 dias todos os cabos foram trocados. Eu acredito que foi um descuido dele, pois ele não poderia mexer no equipamento antes de a peça ser toda levantada", disse.

Prefeitura vai investigar

O secretário de Obras da Prefeitura Municipal de Castelo, Hésio Tedesco Júnior, informou que vai investigar as causas do acidente. "Vamos instaurar um inquérito administrativo para saber o que pode ter acontecido, e também para melhorar a segurança no local", disse.

O técnico de segurança do trabalho, Marque Louzada, afirmou que o local atendia a todos os requisitos de segurança. "Este funcionário era uma pessoa muito bem qualificada e tinha toda a proteção necessária para executar as tarefas", afirmou.

Nenhum comentário: