sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

27ª Câmara Cível concede indenização a consumidor que achou fezes de rato em biscoito


Resultado de imagem para fezes de rato

Os desembargadores da 27ª Câmara Cível Tribunal de Justiça do Estado do Rio concederam indenização no valor de R$ 5 mil a um consumidor que achou pelos e fezes de rato no biscoito “Presuntinho”, da marca Piraquê. A presença de “corpo estranho” no produto foi confirmada por laudo do Instituto Carlos Éboli.

Para a relatora do processo, desembargadora Mônica Feldman de Mattos, “a simples aquisição e ingestão de produto impróprio para o consumo e potencialmente nocivo à saúde provoca sensação de repugnância, nojo, aversão e sentimentos de insegurança, vulnerabilidade, além da quebra da confiança inequivocamente depositada pelo consumidor quanto à qualidade do produto adquirido”.

Veja a íntegra do acórdão:

https://goo.gl/2tSh1J

Processo: 0003971-32.2012.8.19.0207

Fonte: TJRJ - Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro
Postar um comentário