sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Lucro líquido da Mondelez avança 7,3% e supera expectativas





Empresa mantém expectativa de crescer 3% em vendas neste ano

Por Estadão Conteúdo
A companhia de alimentos norte-americana Mondelez International registrou lucro líquido de US$ 7,268 bilhões (US$ 4,46 por ação) no terceiro trimestre de 2015. O resultado representa um forte avanço ante os US$ 899 milhões reportados em igual intervalo do ano passado. O resultado foi impulsionado pela criação de uma joint venture de café, informou a companhia. A receita da empresa, em compensação, apresentou queda de 18% no trimestre, para US$ 6,85 bilhões.
saiba mais
A receita líquida orgânica, que exclui os efeitos do câmbio e aquisições, avançou 3,7% no trimestre, segundo a companhia. No terceiro trimestre, a receita da Mondelez apresentou queda em todas as regiões. Na Europa, a receita caiu 32,4%, para US$ 2,173 bilhões. Enquanto isso, na América do Norte, o recuo foi de 0,2%, para US$ 1,756 bilhão. Na América Latina, a receita apresentou queda de 6,2%, para US$ 1,233 bilhão. Na Ásia Pacífico, a receita somou US$ 1,101 bilhão (-4,5%). A região que engloba Leste Europeu, Oriente Médio e África foi a que registrou a maior retração nas vendas, de 34,5%, para US$ 586 milhões.
Com o resultado do trimestre, a companhia confirmou sua previsão para o ano de 2015. A expectativa é de crescimento orgânico de vendas de pelo menos 3% ano. A Mondelez tem sofrido pressão de investidores para melhorar o lucro operacional. No ano passado, a empresa iniciou um projeto para reduzir em US$ 1,5 bilhão seus custos anuais.
Como parte do plano, a Mondelez uniu seu negócio de café com a D.E. Master Blenders 1753 da Europa, na tentativa criar uma empresa forte o suficiente para concorrer com a Nestlé no segmento de cápsulas de café, com o nome de Jacobs Douwe Egberts. No acordo, a Mondelez recebeu US$ 5 bilhões.
fonte: http://revistagloborural.globo.com/Noticias/Economia-e-Negocios/noticia/2015/10/lucro-da-mondelez-avanca-para-us-7268-bi-no-terceiro-trimestre.html




Postar um comentário