segunda-feira, 23 de outubro de 2017

OLAM JOANES SÓ FICA NA PROMESSA!!!

Resultado de imagem para plano de cargo e salarios


No último dia 10 de outubro, conforme  ata de negociação entre o Sindicacau e Olam,postada no Blog do Sindicacau ficou definido:
Pelo Sindicato foi dito aguardam uma proposta mais clara em relação ao Plano de Cargos e salários contendo quantidade de colaboradores beneficiados e prazos. A empresa solicitou até o final da semana seguinte para apresentar sua resposta por escrito que veio a resposta com atraso após cobrança do sindicato no ultimo dia 23 de outubro de 2017.
Entretanto a resposta da empresa não veio nem por oficio e sim via email enviado hoje abaixo não existe qualquer possibilidade para este ano de discutir o Plano de Cargos e Salários e como possibilidade apenas aceitar a discutir este item na próxima negociação Salarial de 2017-2018,a posição do Sindicacau é que ira realizar Assembleia mas deixando claro que não concorda com a proposta da empresa e lutara para que os trabalhadores rejeitem a proposta da Olam.






Resultado de imagem para olam


Olam Agrícola LTDA (Joanes Industrial)
Rodovia Ilhéus/Uruçuca Km 04  Distrito Industrial
45650-000 Ilhéus / Bahia / Brasil
Tel: 0 xx (73) 2101-2000 – Fax: 0 xx (73) 3639-2212








Ao Sindicacau


Att. Sr. Luiz Fernandes Ferreira Andrade
Presidente


Prezados senhores,

Referente a negociação do Acordo Coletivo 2017/2018 vem a Olam Agrícola LTDA (Joanes), após reunião ocorrida na data de 10 de outubro de 2017, apresentar formalmente a sua proposta de reajuste para o Acordo mencionado:

Reajuste salarial: 3,5%
Piso da categoria: reajuste em 3,5%
Ticket: R$ 800,00
Revisão do Plano de Cargos e Salários: diante do aumento salarial real proposto acima, não foi possível uma evolução nesse ponto, quando comparado com a nossa conversa na última reunião. Porém destacamos que permanecemos abertos para retomarmos essa discussão na nossa negociação do Acordo Coletivo 2018/2019

Destacamos também que a proposta acima apresenta um reajuste real para os nossos colaboradores de 4,5% (quatro e meio por cento), acima daquele praticado na negociação anterior (2,0% - dois por cento) e demonstra a vontade da Olam de evitar perdas salariais, apesar do cenário macroeconômico e ambiente de negócios menos favoráveis.

Solicitamos que essa proposta seja levada para a apreciação dos colaboradores mediante votação em assembleia.

OLAM AGRÍCOLA LTDA
Postar um comentário